quarta-feira, 28 de dezembro de 2011

2011 -2012

O que espero de um ano que vai nascer e que junto trará o nascimento da minha primeira filhotinha?

O que ficará de um ano em que já passou e que eu consagrei o amor com todas as armas da lei, da biologia e da alma?

Todo blog pessoal (como neste caso) é comum fazer um recaptulação no final do ano como ele foi passado e o que se espera do ano que se vem...e porque não fazer o mesmo?

2011
 Este Ano, começou com uma mudança radical; mudança de endereço e de espírito. Passei, depois de muita coragem e sem muita certeza, a morar em Santo André, com um homem que desde o primeiro momento, dizia que ia se casar comigo e ia me fazer feliz (Apesar de não acreditar no primeiro instante, ele vem cumprindo suas profecias fielmente). 
  Logo depois, fui ao exterior fazer um curso, conheci lugares e pessoas maravilhosas, revi amigos que são como família, aprendi muito e foi lá que me vi e me toquei que estava completamente dependente do homem que vivia aqui, não existia mais EU, não existia mais minha indepêndencia de tudo e todos, existia claramente o nós e o nós, também tornou-se perceptível que não era só eu e ele, precisava do complemento, da liga... de uma família. 
  Então a "menina" que cresceu com opiniões próprias, que se virava sozinha, que era à parte de um mundo, disse pela primeira vez, e sim, só naquela viagem, um eu te amo repleto de sinceridade e virou parte de outrem.
  No final de fevereiro volto ao Brasil, repleta de idéias e planos para um ano completamente diferente, logo de cara anuncio para minha família (mãe, pai e irmãos e um pouco mais tarde, os primos) que iria parar de tomar anticoncepcional e que ia tentar um nenem. Pela primeira vez estavamos completamente certos quanto a isso. Os meses passam e as tentativas não eram bem sucedidas. Em abril, decidimos nos casar em setembro, em Ubatuba. 
  Em maio, conto ao meu sogro os planos para uma futura gravidez (que agora teóricamente esperaríamos até setembro, mas se não havia acontecido até agora, porque aconteceria antes de setembro.?..) e ele, preocupado,rsrs..nos faz um plano de saúde (que salva minha vida hoje em dia). 25 de maio o plano fica pronto. 12 de junho eu engravido. (plano de saude = carência 10 meses!)
  Em junho, sinto tonteiras, caí minha pressão, enjoo e vomito muito. (aí essa história já contei no começo do blog), em 4 de julho, depois de um teste com negativo falso (culpa minha!), descubro minha gravidez.
  Em setembro, dia 08 me caso no civil, da forma um tanto quanto desastrada, como se fosse assinar um papel qualquer em um canto qualquer, nada daquele romance... Vou para ubatuba no mesmo dia, encontro minha família, (presente lindo)...
   Dia 10 me caso á beira mar, em uma cerimônia perfeita para nós, cheia de erros e cheia de atrapalhadas, mas no altar só quem amo, na areia só quem importava. A festa sensacional, declaração de amor feita nos pés de uma valsa, sonhada a tantos anos e realizada com perfeição. Lua de Mel? segredo oculto, mas que não deixaria de tirar algumas risadas...
   Final de setembro descubro que o nenem é na verdade umA nenem...
   Outubro, entro em briga com o trabalho por causa do salário, ouço absurdos! aguento firme (quase), fase de estress, não consigo dar conta da faculdade, nem de casa... mas vou levando. Fase difícil.
   Novembro as coisas se acalmam, corro atrás do tempo perdido na faculdade (algumas matérias deu certo, outras nem tanto), me empenho mais no trabalho, passa as crises nervosas, ignoro salário (ou o futuro dele), ficamos completamente sem grana, nem ligamos, vamos vivendo. Estamos apaixonados, um pelo outro, os dois pela filinha, que cresce e começa a dar as caras para o mundo, a barriga vai ficando imensa...
   Dezembro, férias da faculdade e do trabalho, Vini entra na FEI com 100% de bolsa, tentamos uma independencia maior dos outros (nos complicamos para saber o que significa ter independencia dos outros e ainda não achamos a definição, estamos a procura, rsrs), muito trabalho, risco de perder o ano novo na praia, um pouco de estress, quase nada... vai tudo se ajeitando. A barriga cresce e o corpo não vai respondendo normalmente. 
Saldo final = Ano de descobertas, mudanças, realizações, Amor, Amor e Amor. Passei muito estress, ouvi mais do que respondi (e olha que falando de mim, eu deveria ganhar um premio!)deixei me influenciar um pouco por opiniões avulsas, mas não tomei decisões erradas (precipitadas, mas que deram certo) , trilhei um caminho novo e diferente, aprendi a amar e a gostar de fazer parte de uma família, caí um pouco na depêndecia dela (o que fragiliza um pouco, mas talvez seja uma das funções de familia, aprendendo ainda a conviver e a lidar com uma ou duas ou três delas...), arranjei amigos que jamais supus arranjar e convivi na maior parte de 2011 com pessoas que são sensacionais e que ajudaram a fazer um 2011 bemm melhor (e nem sabem disso!). 
  
2012


É difícil dizer o que se espera de um ano que vem logo depois de outro com tanta mudança. Vai ser com certeza um ano diferente, novo (Radicalmente novo) e espero que muito gostoso. Vai ter muito medo, discordâncias, cansaço, noites sem durmir, talvez um pouco de frustação, trabalho e briga, muita briga. Mas o que? acha mesmo que eu penso que tudo vai ser perfeito e cheio de mil maravilhas? Claro que não! 
Mas também não acredito que um pouco de insegurança e desavenças vá afetar um ano tão promissor,  tão mágico que é o do nascimento de uma Filha, sei que terei privações de um monte de coisas, mas sei também que todo dia vou acordar e me sentir deliciada que terei um nenenzinho a minha espera (mesmo ele berrando de fome ou com a fralda suja), que terei que me virar  para estudar no meio de cada mamada e que Dio sabe o que mais vou enfrentar, mas que vai ser gostoso, ah! isso vai! 
 Acredito que vivemos uma vez, morremos e fim. Quero aproveitar o próximo ano, ao máximo, do meu jeito de Mãe, aproveitar o finzinho da gravidez o ínicio da vida da filhotinha do jeito mais intenso possível e continuar apaixonada pela Vida, pela família. Mais que isso, se pudesse pedir ou ao menos desejar, saúde. Saúde de corpo e de mente (esse ano não foi fácil quanto a isso), o resto a gente corre atrás. Preparada inteiramente para o próximo ano. Venha 2012! Irei te receber de braços abertos! (final esdrúxulo, mas é o que tem para hoje..)

segunda-feira, 26 de dezembro de 2011

Laurinha e Melzinha...

 As duas no coração da mãe...

Ao Papai...




Hoje estarei indo viajar e papai ficará em santo andré por mais alguns dias...
e eu só queria dizer a ele que...


  Te amo,
   Com você sempre serei feliz, 
                                          me sentirei completa...

  Viver com você,
                            é VIVER intensamente um sonho,
                                                                              uma realidade de conto de fadas...

   Para mim você é, 
                         aquela metade da laranja,
                                          aquele homem perfeito que ninguém encontra...

O melhor amigo,
          O melhor marido
                        O melhor confidente,
                                      O melhor colinho,
                                                     O melhor amante,
                                                             O melhor  em me fazer rir,
                                                                       O melhor em me apoiar (nas maiores esquesitices!)
                            
Casar com voce, sonhar junto com voce, ter a Laurinha contigo, sem dúvida, foram as melhores decisões que tomei em minha Vida. 
                  Só você podia me fazer tão feliz! 
                                                             Te amar é pouco, you know.

   Obrigada por lutar pela gente e provar a todo segundo que viver um sonho é possível...

Aline Shirazi Conte


         
                                                                                                           

sábado, 24 de dezembro de 2011

quinta-feira, 22 de dezembro de 2011

Ultrasom 28 semanas! Princesinha a caminho!

Começamos pelos cabelinhos da Laurinha (apontados na flecha), quem será que puxou, papai? Mamãe? Encaracolado? Liso?

 
Os pézinhos mais lindos da mamãe, chutando ela para valer!


Os "documentos" da minha filhotinha (xuxa) e a placenta do lado...


E o rostinho mais redondinho da mamãe em zoom, especialmente focado para o papai ver...


E assim vai começando a nossa história, nosso Amor...

quarta-feira, 21 de dezembro de 2011

Literatura e Música.

Laurinha tem um repertório musical e uma mini biblioteca infantil com mais de 20 livros, comprados especialmente para ela.

 PORQUE? ela nem sabe LER! 

Não, não sabe...mas sabe ouvir, sabe interagir com as palavras (musicais e sonoras, versos ou literárias). É o canal que eu achei para contatar minha filhar mais intimamente possível, enquanto não posso tocar, olhar, sentir o cheirinho. Eu posso conversar, contar histórias, cantar músicas... e tudo isso só diz o quanto a amo, mais e mais. Uma ligação que se estende muito mais do que somente ao cordão umbilical.

Tenho uma amiga, que ficou impressionada com a quantidade de livros que comprei, e não faltou frases " PARA QUE TUDO ISSO?", familiares já debocharam da situação. Não curto contar muito aos outros o quanto comprei ou deixei de comprar isso ou aquilo, ou explicar qualquer atitude que eu tenha,  mas o maridão não mede esforços para contar.Para nós os livros são tão necessários quanto fraldas e ele acredita que todo mundo acha o mesmo, mas não é bem assim...
  Cada livro comprado já utilizei e ainda vou utilizar, mais do que as roupas, os brinquedos ou até mesmo as fraldas. Eu os leio, eu canto, para mim ou para ela, ou para nós duas, estão sendo utilizados, animando e criando um laço eterno.
  Deixo essa música do caetano, que me lembra a família Amorim (que me (en)cantou  no dia do casamento civil e no dia da anunciação da Laurinha) e que dedico inteiramente a Laurinha. Você é Linda.

                      
                          



 

terça-feira, 20 de dezembro de 2011

Papai e Mamãe grávidos! :D

Coloquei essa foto primeiro no Facebook... Parece que fez sucesso...rsrs! Aonde esta a Laurinha? hehehe
 Mamãe e Papai juntos nessa empreitada, cada um com seu papel, mas ambos se ajudando,
   Amor demais a essa família que tá nascendo!

domingo, 18 de dezembro de 2011

6 meses! Barriga!

  Recém completados 6 meses no último dia 14 (hoje 28 semanas), esta aí minha pança especialmente tirada para minha prima Bia Amorim.:D
  Minhas costas quase dobrando em 2 (lordose!) com o peso da Laurinha  e ainda falta tempo, um pouco menos de 3 meses!
  Ta aí... Enjoy!

 OBS: O riso da foto foi sincero com o vini fazendo "piada"... por isso ficou meio estranho... mas a foto é da Laura!

sábado, 17 de dezembro de 2011

Um mundo ideal


Um mundo que eu nunca vi...

                   E agora eu posso ver e lhe dizer

Estou num mundo novo com você!

segunda-feira, 12 de dezembro de 2011

Fast News

  
  Notícia 1:
Não sei quem inventou (ou problematizou) a difícil tarefa de se engravidar (e ter o nenem) enquanto cursa uma universidade.
   Também não sei dizer se sou a exceção da exceção, ou se minha filha é um gênio antes de sair do útero. Mas, que incrivelmente estou com (até agora) 90% das matérias Passadas, estou. e olha que esse semestre eu tive 90% de olho, pensamento e cabeça na minha filhotinha. tive mais sucesso esse ano, do que o mesmo período do ano passado que quase me matei de tanto estudar. ( e esse ano, a única matéria que realmente estou me dedicando peguei REC, rsrs).
    É, o que seria um grande problema para alguns (a maioria), esta sendo uma solução milagrosa para o meu caso.
------------------------------------------------------------------------------------

  Notícia 2.

 Papai anda trabalhando demais (10-12 horas por dia),  e não filhotinha, não é por tua causa ou porque estamos preocupados financeiramente, (notícia3), é simplesmente porque papai esta feliz assim e quer fazer isso (cada um com sua loucura e sua mania, rsrs). Estou um tanto quanto convencida de que ainda estamos bem novos e tem ainda anos ainda para podermos arriscar um jeito e um modo de viver, dando ou certo ou não, acredito que ele esta tentando fazer o que ele acredita ser o melhor para ele e para nós. (melhor ter arriscado do que nunca ter tentado, certo?).
  Agora ele mudou drásticamente de faculdade (transição) e começando tudooo de novo. Dá medinho dá em muita gente, em mim deu um pouco, mas passou. Não estamos arriscando muito, papai não quis trabalhar em uma coisa que não gosta (ser professor), por mais que ganhasse 10X mais ( o que duvido). Depois de algumas conversas, não consigo saber exatamente o porque, mas concordo com ele, CONFIO NELE. Lembrar sempre que família nunca pode colocar o dinheiro no pedestal, ou como objetivo. Família serve para diversas outras coisas, apoio, segurança, carinho, desabafo, amor (muito amor), felicidade, diversão e muitas outras coisas! Para mim, teu pai é perfeito do jeito que ele é, me faz a pessoa mais feliz do mundo, o que mais eu iria querer? :P
--------------------------------------------------------------------------------------------------------

Notícia 3

É, viver de pão e água realmente não dá, rsrs. Mas estamos muito bem financeiramente. (não sei o que significa bem para a maioria das pessoas, mas no meu conceito somos RICOS). Quis comentar a respeito disso aqui para deixar bem claro essa questão "financeira" nossa, que anda assustando tanta gente no mundo há fora e que para nós não causa nem sustinhos, aliás, é até um tanto quanto gostosa essa fase que estamos vivendo (do seu jeito, claro). E dá um tanto quanto aflição as pessoas reclamarem (ou fazerem cara de pena) quando sabem o quanto ganhamos ou o que temos e o nervosismo que elas tem para a gente FAZER MAIS E MAIS dinheiro, e mais trabalho e porque fulano ganha mais... em fim, não somos fulanos e nem estamos nervosos ou preocupados com a questão financeira, estamos bem e para nós é o que basta.
   "Criar um filho, custa caro!"
  - CLARO!
  Tudo começou o quanto é difícil (e dá trabalho) criar um cachorro e manter um cachorro em casa (deixa disso, a coisa mais fácil e deliciosa do mundo! 12 anos e nenhum tipo de arrependimento ou trabalho), depois o casamento (para quem já viveu quase tudo com tão pouco tempo, posso dizer que é a melhor experiência que tive) e agora o quanto "criar um filho, custa caro!".
   Na super interessante desse mes, fala sobre as aflições do casal quando a mulher esta grávida. (deles rejeitarem a idéia, ficarem preocupados com as questões financeiras e etc), Não sei se Felizmente, ou se somos  trouxas mesmo (realmente existe essa possibilidade),  a única questão que consegue nos pairar durante esses meses é a felicidade que temos em receber a Laurinha depois de tantos anos de espera. A preocupação financeira a gente teve, mais ou menos há uns 18 ou 20 meses atrás, quando os dois concordoram claramente que isso jamais seria desculpa para não realizar esse sonho.
    Estamos tão plenamente conscientes de tudo isso, que até não vemos a hora de passar pelo "primeiro Não que daremos a Laurinha quando ela quiser alguma coisa, por falta de grana" e aproveitar e ensinar o quanto a maioria das coisas de consumo são desnecessárias para a nossa vida, por mais que achamos que não viveremos sem aquilo.
   Estou cansada de tratar essa questão no site e reforça-la mais e mais. Mas as vezes é necessário.
   --------------------------------------


Notícia 4


Faz uns anos que eu estava passeando na paulista e lendo um exposição (não lembro do que), me lembrei de uma frase espetacular na "arte de criar filhos", que dizia mais ou menos assim:

    "Eu tinha 6 teorias de como criar os filhos, hoje tenho 6 filhos e nenhuma teoria"
 
Outra que eu li em alguma revista esse mês (acredito que na Pais & Filhos), e que segue a linha de pensamento de minha mãe, respectivamente dizem mais ou menos assim:

        "Voce pode criar seus filhos de qualquer jeito, o resultado sempre dará errado"

   e minha mãe, com seus 3 filhos, TÃO INDIVIDUAIS E DIFERENTES ENTRE SI, diz mais ou menos assim:

        " no meu primeiro filho, tentei uma criação, não deu certo. No segundo, tentei uma completamente diferente, não deu certo de novo, na terceira, não tentei criação de nenhuma forma, e também não deu certo"

   Então, eu, sem filho nascido algum, já sei o resultado de qualquer criação que eu dê; então ao menos vou me divertir e ser muitoo feliz  com minha filhotinha!
------------------------------------------------------------------------------------

Notícia 5 e última

  "Qual é a graça de viajar sem uma criança acompanhando?"
 
 Em minha penúltima viagem, em fevereiro deste ano, foi essa pergunta que me fez decidir de uma vez por toda ter uma criança.

terça-feira, 6 de dezembro de 2011

Mexe, mexe, mexe

   


Colocar Vivaldi para a Laurinha ouvir é a mesma coisa que pedir milhões de chutinhos e chutões em ritmos da música!
    Antes das 16 semanas ela já fazia diversas cócegas na barriga, hoje com minhas 26 semanas completinhas, sinto algo como um polvo com bilhões de pernas se mexendo a cada instante. Não posso negar, a sensação é maravilhosa, mesmo as 04 da manhã, quando a costela direita é o alvo principal e o sono já foi-se faz tempo.
    Não sei o que dizem as outras mulheres, mas ficar grávida e estar grávida causa milhares de sensações boas o tempo todo, com certeza sentirei falta dessa pança que cresce e cresce cada dia mais! (tirando as dores nas costas, o desequilíbrio constante e o grande problema de abaixar).
    Deixo então as quatro estações para a Laurinha rodopiar na barriga da mamãe...



   

segunda-feira, 5 de dezembro de 2011

Eu QUERO! Fraldas ecológicas!

http://loja.moradadafloresta.org.br/ecommerce_site/categoria_5376_5735_Bebes-Ecologicos

Nova modinha entre as mães modernas e ecológicas, essas fraldas de pano (com estilos líndissimos) já conquistou meu coração, além de substituirem (cada uma) 200 fraldas descartáveis que ficariam no lixo durante mais de 400 anos! :D
 Além disso, são faceis de usar, tanto para a mãe, quanto para o nenem. Como são de algodão, não causam alergias, nem assaduras as crianças!
 Então fica a dica para quem quiser saber o que eu preciso e ganharia com enorme felicidade! (logo que ainda não tenho nenhuma :( )

Será sem dúvida o principal item do "chá de bebe" !
  *site seguro!

quinta-feira, 1 de dezembro de 2011

quarta-feira, 30 de novembro de 2011

Conflitos, criação e desabafo...

 

Ainda faltam 3 meses e meio (teóricamente) para o Big Day, estou muito ansiosa para o "tal" dia, mas algumas coisas estão cada vez mais insuportáveis de se aturar.
 Não fui muito incentivada em minha criação a "não responder aos mais velhos/experientes", sempre que acho que algo esta errado acabo discutindo, evidenciando minha opinião, independente da idade do sujeito, podendo obviamente estando errada, mas a pessoa tem que mostrar por A + B que estou errada. Mas ultimamente, com a opinião explícita de alguns de que responder é má educação ( e que discordo 100% com isso), acabo sedendo, ouvindo e não respondendo, mas me irritando por dentro e pensando trilhares de vezes o que eu poderia ter dito, mas não disse. Acumulo de mágoas e ressentimentos não é muito meu forte, prefiro sempre extravasar e tirar de mim, do que apodrecer dentro e aí vem as famosas doenças da modernidade. Uma hora estoura.
  A questão esta aqui, devido as minhas convicções sobre maternidade. Tentarei ao máximo seguir o que eu acredito por completo, precisando apenas do apoio de uma pessoa: O Pai. Sei que provavelmente 99% das coisas que eu acredito como sendo o melhor para minha filhota possam estar erradas ou eu não consiga aplica-las, mas não deixarei de tentar por isso. O que acontece é que muitas vezes me sinto ridicularizada em algumas questões, devido as experiências de outrens. Outrens que não considero (nem de longe) mães que eu quero me tornar, mas que estão intensamente ligadas a minha vida que eu não posso simplesmente "expulsa-las".
  Para complementar a questão, não acredito que a mãe de 14 saibam ser mãe mais do que a mãe de 1 e agradeço todos os conselhos, mas é um direito meu segui-los ou não segui-los. Espero não cair nas tentações de seguir um modelo de mãe da qual não faço parte, para evitar brigas. Assim como muitas coisas, a maternidade também mudou nos ultimos anos, muitas vezes meses e estou apta e consciente da maioria delas, por mais que os "mais velhos" achem que fralda descartável é melhor ou se não vou ser escrava das bactérias (e mais algumas baboseiras que ouvi a respeito e acenei com um "sim senhora"), não apoiem o estilo de vida mais natural (parto, fralda, criação), acreditem fielmente que minha filha vai sofrer porque não teremos condições de darmos brinquedos chicco ou fisher price (onda do consumismo) e somos contra completamente a crianças no shopping.
  Brigarei até o fim, ou até a Laura me mostrar ao contrário, mas o conselho que te dou e mal mãe eu sou é de que um sorriso vale mais para uma criança do que brinquedos. (ou no caso, roupas). Tente sorrir mais, ver como o mundo é lindo, ser mais simpatica e menos reclamona, dar alguns elogios de vez em quando e verá que a única coisa que precisamos dar aos nossos filhos é amor e carinho e aquela roupa de marca que ela tanto quer e que voce sofre tanto por não poder dar, será automaticamente e completamente desnecessária.
   Conselho de uma mãe completamente inexperiente,
             

segunda-feira, 28 de novembro de 2011

Curso

 Cursinho para Gestantes.

   Este sabado eu tinha marcado na maternidade dos meus sonhos (público, bom salientar) o famoso cursinho para gestante, aqui em Santo André.  Catei o Vinícius e fomos de Táxi (chick!não?) para já ir calculando o tempo e o gasto quando for a hora certinha.
  Foi um pouco menos do que eu esperava do curso, como uma mãe verdadeiramente enlouquecida por livros e artigos de maternidade não me acrescentou muitas informações, mas as poucas que tive, fizeram com que cada segundo tenha valido a pena.
  O curso teve tópicos como Neonatal, Gravidez, Fonoaudiologia, nutrição,  Parto e Direitos, após fomos conhecer a maternidade. Adorei, tudo de muito bom. Eles pregam muito o parto humanizado, a amamentação e é basicamente o que eu acredito por essência. O bom de ter ido é que deixei um pouco o radicalismo que estava tendo nos ultimos meses...
  O curso deveria ser obrigatório ou muito mais incentivado (para não ferir os príncipios democráticos), porque vale muitooo a pena. Além disso, acho que com ele voce sofre menos na hora do parto, e menos ainda na hora da amamentação. (logo que é uma coisa que se aprende, por incrivel que pareça...).
  Então fica a dica para as futuras mamães, ou para as que serão mamães novamente (porque informação nunca é demais, por mais prática que tenha), de procurar um cursinho de gestante antes de ter o nenem. Normalmente são oferecidos gratuitamente nos hospitais públicos e paga-se nos particulares, o agendamente eu fiz por telefone mesmo e foi super tranquilo.
   Estou tinindo para a prova final e ainda tenho 4 meses de estudo... Vamos que vamos. Wating for you my little princess.

quarta-feira, 23 de novembro de 2011

+ música!


 Essa música muitas vezes representa meu estado de espírito, minha vida...
 Além disso, acho esse homem uma das pessoas que mais irradiam paz e bondade que já vi...
 Então fica mais uma música Linda* ao repertório do blog.

domingo, 20 de novembro de 2011

Tudo rosa!

mmmm, que delícia. Papai e eu estamos começando a arrumar o quartinho da Laurinha... Os móveis chegaram este sabado e a decoração aos poucos vai ficando pronta!
    Uma prévia do quarto ainda montando... aos poucos vamos postando mais fotinhos e a espera continua...

:D

sábado, 19 de novembro de 2011

Mais uma consulta...





Ontem eu tive uma consulta rapida com a minha (pronome possessivo, para demonstrar o grau de intimidade) Doutora.
  Está tudo em suas melhores conformidades, ganhei 3 kilos, pressão 10 por 6 (era 8 po 6 na ultima consulta), exames da Laurinha normais e o único diferencial é o barrigãoooooooooooo. Achei que estava quase com 6 meses, quando descobri que as contas que fiz estavam erradíssimas, estou com recém feitos (no último dia 14) 5 meses! 5! pois é, achei que era simplesmente dividir 24 (semanas) por 4 e o resultado seria o numero de meses. Mas não é tão simples, rsrs.
   Teóricamente, engravidei no dia 14 de junho, então se conta que em 14 de julho fiz 1 mes, 14 de agosto 2 meses...e assim por diante, o que daria 5 meses!
    Bom, com essa descoberta entendi o porque das oscilações de quando eu falava que estava com quase 6 meses de  "nossa, sua barriga tá imensa" com " ah! ela esta pequena...".
    De acordo com a médica, esta grande, mas normal. meu bebe é espaçoso, super ativo! (eu quem o diga!)


    Este mês não vou ter ultrasom, nem exames de sangue... um mes para relaxar e engordar!

quinta-feira, 17 de novembro de 2011

Ciranda da Bailarina.


 Essa eu tirei do MEGA blog da minha prima bibi. http://bibidebicicleta.blogspot.com 
 Música que confesso que não conhecia, mas tornou-se uma do repertório música da mamãe Lili. ouço uma dúzia de vezes, e cada uma delas me traz uma emoção diferente.
  Apesar desta bailarina ser um tanto quanto perfeita, rsrs... o embalo da música é ótimo para qualquer um relaxar!
  

terça-feira, 8 de novembro de 2011

Lembranças e noções de educação infantil.

  Ao ler a revista Pais & Filhos deste mês, na matéria que trata sobre o consumo "Meu filho tem coisa demais", lembrei de um evento que aconteceu quando eu estava com uns 11 anos.
   De acordo com meus pais eu não era muito "pidona" por isso acho que quando eu pedia algo era atendida na hora ou pouco tempo depois.
   Meus pedidos normalmente eram de bichinhos de estimação (posso considerar que já tive umas 30 espécimes em casa, desde repteis, passaros, mamiferos, peixes...), não lembro de pedir uma roupa, maquiagem ou coisinhas de menina na minha infancia ou adolescência e o brinquedo mais pedido sempre foi a famosa e redondinha "bola". A bola!
  

    Então, ao ler a reportagem (muito bem feita por sinal), relembrei um dia em que estava em casa, e tinha na época um game portátil, chamado "game boy" (mais uns dos brinquedos típicos masculinos que eu adorava) e queria o joguinho do pokemon (febre nessa época). Lembro do meu pai chegar em casa, tirar os sapatos e eu genuinamente, achando não sei o porque que ia receber um não, pedir para ganhar o "tal" jogo, não esperava nem que fosse na semana, mas um dia... Foi o tamanho da minha surpresa (que até hoje esta bem guardadinho em minha memória), o meu pai sorriu, recolocou o sapato e no mesmo momento me levou ao shopping para compra-lo. Tenho essa lembrança guardada com tanto carinho e que para mim, até hoje parace ser uma atitude de carinho de um pai e não de consumo. Talvez por ganhar presentes "só de vez em quando" tenho essa lembrança viva ou talvez pelo sangue que corre em minhas veias(rsrs) por lembrar que o tal joguinho, para o meu gosto, foi bem caro.
  Assim como essa memória, lembro dos pokemons que ganhei  de uma rede de supermercados, que custava 25 reais cada um (e foram uns 5 no mesmo dia!) e as duas bolas que ganhei no parque ibirapuera (uma por ter sem querer, jogado no riozinho poluído de lá), todas essas lembranças com meu pai.

  Agora, não sei realmente se existe mesmo a necessidade de dar determinados "nãos" para a criança para que ela não se torne mimada, ou restritos "sims", mas acho que qualquer ato que venha para a criança seja com responsabilidade e recheada de amor.
   Estou  tendo a Laurinha agora, recheada de conhecimentos teóricos (acredito eu), zerada em conhecimentos práticos, com poucas condições de dar a ela a vida que muita classe média dá aos seus filhos, (brinquedos caros, escolas particulares, roupas de marcas, viajens ao exterior)... mas estou com uma disposição e VONTADE de ser mãe (aliás, empenhando-me mais do que já me dediquei a qualquer coisa no mundo e com um tremendo gosto e satisfação) que acho que vai construir nela, histórias de vida e memórias repletas de tanto amor que ela nem vai se dar conta do que teóricamente não teve.

   Como disse Lya Luft (também encontrado na edição de Pais & Filhos deste mês):
        "Criança brinca bem com pouca coisa (...). Ele vai ser mais ou menos feliz se tiver mais ou menos amor"

Ta aí!

segunda-feira, 7 de novembro de 2011

5 meses barriga!


  Aí esta a tão comentada Laura e sua mamys mostrando o macacãonzinho que ela ganhou da vovó Lena. Para aqueles que não me vêem a longas datas (familiares e amigos), aí esta A Barriga de 5 meses. As opiniões são um tanto quanto variáveis com "nossa, nem parece que voce esta grávida" ao "uau, mas voce tá com um barrigão!", então eu tiro a média e esta tudo normalz! (com a ajuda da especialista, a minha obstetra). O saldo ainda na balança é 0, nenhum ganho de peso, quase 20 cm de barriga (na ultima medição, há quase 3 semanas), e o resultado esta aí! :D
   Amo, de qualquer forma, ve essa barriga crescer a chutes o pontapés. Tão gostosa essa fase! :D

O renascimento do Parto.


  Não querendo dizer o que é melhor ou deixa de ser, minha opinião obviamente esta exposta bem claramente e espero muito que tudo que eu sonho para esse dia especial (o nascimento de Laurinha) seja realizado. Acredito fielmente que esta seja realmente a melhor maneira de trazer ao mundo uma criança que esperamos e amamos, inclusive para não só fortalecer o laço mãe e filho, mas para dizer com orgulho "eu que dei a luz ao meu filho, fui a primeira a tocar,  a ver e a senti-lo." coisa que não queria que fosse um médico desconhecido (por mais qualificado que seja) que esteja fazendo o milionésimo parto.
   Só fica um vídeo entao promocional, que estreiará em março, do renascimento do parto. Eu, particularmente, achei fantástico.
   Absurda a idéia de fazer cesariana, só por fazer, só por medo, só por nascer no dia programado.
   De novo, minha idéia, minha opinião. Como o vini mesmo expos, pareço, neste quesito e neste assunto, um tanto quanto fanática religiosa, mas desejo isso a mim. Desejo muito.

Humor :D :(

       
   Meu humor normalmente já era um tanto quanto variável, dependente de diversos fatores como clima, temperatura, fase do mes, problemas financeiros, trabalhos e relações com as pessoas.
           Na gravidez, e com a nova vida ele continuou variável mas com tendências ou extremamente altas ou  extremamente baixas. Me considero uma pessoa que ganhou na loteria, tenho um marido de conto de fadas (mas que deixa as meias jogadas no quarto) e uma filinha que quis ter desde que me conheço por gente, tenho um apartamento delicioso no meio do nada (dependendo de quem olha pode parecer bom ou ruim, rsrs).
           Mas de repente, algo me trava e caio em repentino choro ou depressão que parece que nada no mundo é bom e nada nem ninguém esta comigo, nada é suficientemente bom e tudo que fiz na vida foi errado (sentimento mais co-relacionado a faculdade) e do QUASE do nada, tudo volta a ficar bem, as vezes é só carência. Veja só que coisa.
           Somos "os donos do mundo", revolucionamos, pensamos, raciocinamos e de repente o fator mais biológico possível controla nossa vida, nossos anseios, nosso mundo. Os hormônios então fazem a festa, deixam voce desde muitoo feliz, até mudam o grau de sua visão (pois é, essa era nova para mim também). Sambam eu suas veias e te fazem durmir ou não durmir. (se é de dia ou se é a noite, respectivamente, rsrs).
Viramos marionetes no grande jogo biológico e no final, acredito, tudo termina em um grande hormonio do amor. :D. 

sábado, 29 de outubro de 2011

Teimosia!

Diz minha sogra que eu e o vini somos muito teimosos,
diz meu pai que sou muito geniosa,
diz meu sogro que inteligência não é esperteza,
e diz  minha mãe que pagarei meus pecados...

Diz o chefe do Vini que ele foi precipitado,
diz os amigos que somos loucos,
diz nós dois que somos apaixonados.
que a Laurinha vai dá trabalho.



   Por todos estes defeitos, fizemos o que queremos, o que somos, o que gostamos sem se preocupar com pensamentos alheios, por mais que sejam daqueles que nós amamos e nos conhecem. (e aqueles que acham que conhecem) e a consequencia da teimosia, do genio, da inteligencia sem esperteza, da precipitação, da loucura, da paixão foi a Felicidade. 
 Sorrio quando ouço que não nos desgrudamos, ou que não sabemos viver sem apoio um do outro. Somos além de marido e mulher, (e muitas vezes até mais que isso) cúmplices, amigos, companheiros. 
  Se é errado eu não sei, mas que dá certo e que esta dando muito certo, isso dá.
    Tudo em casa é feito com muita conversa e funciona. Funciona muito bem.
       A Laura veio de um sonho em conjunto, de uma conversa (e não foi nem um pouco sem querer, nem um pouco só da minha parte ou só da parte dele), tudo é feito assim. Se este é o segredo da felicidade eu não sei, mas como dizem, somos TEIMOSOS e teimaremos até o fim em ser felizes. :D

(foi necessário o desabafo e a resposta...)



quinta-feira, 27 de outubro de 2011

Agora sim! ultrasom 20 semanas!


   É, ontem as energias estavam no restinho e quando tentei escrever uma postagem saiu tão depressiva que achei melhor não postar, hoje como o humor esta mais para o alto da para falar do ultrasom e da Laurinha mais tranquilamente. (variações de humor não são só coisas de grávidas, mas de qualquer mulher "sem" especial).
   Fomos ao mesmo consulório realizar o ultrasom no dia 25 de outubro, assim que o médico começou a "filmagem" a Laurinha já mostrou o seu documento confirmando o que já era confirmado (sou uma menininha mesmo!), mas ela estava quietinha quietinha para mostrar para o médico o quanto ela é bem comportada com a mamãe (o que é uma raridade, acreditem), depois de feito todos os calculos,medidas e constatarem que esta tudo em perfeitas ordens, fiquei sabendo dos detalhes cutes:
    - Laurinha tem 315 gramas.
    - 24 cm de altura.
    - um pézinho de 3 cm.
    - é carequinha.
    - e tem bochechão (já me falaram que todo nenem tem, mas em fim...)

 Chegando em casa e tirando as fotos da filmagem, constatei uma coisa muitoooo herdada do papai, nessa fotinho a Laurinha (para quem consegue enxergar) esta como dedão levantadinho, o vini faz isso o tempo todo (ta certo, um monte de gente faz), mas é bom sonhar né?

 Ela ainda esta maiorzinha e pesadinha para a idade... mas acho que ela já esta normalizando. (com 2 pais minusculos ela nao pode querer tanto ser uma gigante) rsrs.

  Acho que o mais fofo eu não comentei, minha contorcionistazinha estava tirando um belo de um cochilo com os pézinhos na frente do rosto (nada mais confortável, não?), mas logo depois do ultrasom ela já deu umas cambalhotas na barriga mostrando que havia cansado de ficar naquela posição.

  Coisitinha mais cute cute da mamãe e do papai.  

quarta-feira, 26 de outubro de 2011

Sem energia

Ontem eu fiz o ultrasom da Laurinha, mas estou no momento sem energia para comentar qualquer coisa : P.. aguardem ela carregar...

segunda-feira, 24 de outubro de 2011

Festinha Sabado!

 Para comemorar meus 23 aninhos resolvi fazer uma festinha no Sabado em casa e convidei uns amiguinhos mais próximos porque a casa é meio pequetica.
  Foi tudo sensacional, na foto esta a Camila, Renata, Aninha, Ale e eu! (e as pizzas de coadjuvante).
  Tentei fazer brigadeiro (mas foram poucos), tentei fazer bolo (mas queimou), tentei servir torradinha (mas não alimenta), no final foram as pizzas que fizeram sucesso! ( e não vieram cortadinhas como pedido).
   Além das pessoas na foto, vieram o Samuel, o Ricardo e o Mauricio (e claro, o Vini).
     Thank´s for all.

Consulta! + cotidiano (20 semanas)


Sexta fui a uma consulta com minha obstetra Alexsandra.
Por mais que eu não veja a Laurinha, eu ouço seu coraçãonzinho e faço um check-up da moradia dela (eu). Acho uma coisa deliciosa de se fazer, passar um tempo conversando, tirando dúvidas e ouvir o famoso esta tudo perfeito! (acho que ainda mais para quem teve um começo de gravidez difícil e o medinho acompanha um pouco).
As notícias são resumidamente:
  - Laurinha é gordinha e grandinha.
  - seu coraçãonzinho bate saudavel.
  - agitada como só ela, deu um chute na médica para mostrar que é bemmmm ativa!
  -não engordei nenhum kilo desde o começo da gestação em compensação...
  - estou com 19 cm a MAIS de cintura (uou).
  - Fiz uma cauterização no ano passado que infelizmente se abriu, mas agora problemas a resolver só depois da gravidez!
   -terça feira tem ultrasom! (não vejo a hora!).

 --------------------------------------------
   No Sabado;
   Como eu não engordei nenhum kilo a médica desconfiou de anemia (não muito porque só eu não engordei, já a Laurinha...), então fui logo cedo fazer um hemograma e ve se ta tudo certinho mesmo. Saindo do laboratório fui ao supermercado comprar umas coisitias para fazer, logo que a noite eu ia receber uns amiguinhos em casa.
   Apesar de ter aumentado bastante de tamanho (minha barriga) ainda da para disfarça-la bastante usando uma blusa mais larga ou um casaquinho, ai fui no supermercado e como estou aproveitando todas as fases da gravidez pego a fila preferencial (mesmo concordando que eu precisaria pega-la muitooo mais quando tava no primeiro trimemestre do que agora, mas em fim...), passando minhas compras entra um idoso na fila mal encarado e fica olhando para mim (eu achei que era com aquela cara de: " que feio, entrando na fila dos idosos"), aí me virei muito simpatica para ele e disse: "moço, estou grávida." Ríspidamente o cara respondeu:  "isso é obvio, porque, voce queria ainda disfarçar?" claro que a conversa parou por ai...
  Também percebo as vezes as caras de dós que as pessoas fazem para mim (obviamente pessoas desconhecidas ou que são frutos de minha imaginação) no trem ou mesmo na rua, com aquela cara "tadinha, tão novinha..." Pois é, da vontade de responder " não moça, não tenho 17..." mas porque aumentaria minha idade? Talvez no futuro vou conseguir passar como irmã da Laurinha... rsrs

quinta-feira, 20 de outubro de 2011

Meu presente!

Sua mãe sempre foi um pouco fascinada pelo próprio aniversário, este ano não foi diferente. Acordei com aquela sensação de criança: é hoje! é hoje! ÊÊÊ!!
 Talvez seja o aniversário em que eu menos farei coisas de aniversário, mas de longe é o que eu ganhei os melhores presentes:
 -Um marido perfeito
-Uma família nova (da parte do marido) perfeita e que me acolheu tão bem que sobram arrepios na espinha, -Uma família que tinha sempre e conheci a pouco (família amorim) que mostra que laços de sangue, também são de amor.
 - Amigos que, as vezes vejo pouco, as vezes muito, mas que são presentes de D´us.
 os presentes subjetivos:
 - A felicidade que sinto.
 - O amor incondicional que tenho (e que é tão gostoso te-lo) nunca sentido antes.
  E aqueles que não são exatamente um presente desse ano, mas um presente de uma vida:
 - Mamãe e Papai!
 - Denis e Kuka! (Aline e Milena)
  Por batalharem tanto e darem tanto de voces para realizar sonhos!

Mas claro, esse blog é feito justamente para uma pessoinha que pesa pouco menos de meio kilo e tem um pouco mais de centimetros que transformou a minha vida em um Mar de Rosas, em música e em Amor. Melhor presente que D´us me deu, que o Vini deu, que a vida me deu e apesar de para muitos parecer loucura, na melhor hora que eu poderia recebe-la, como coração estourando de Amor.

  Laura, você foi desejada muito antes do seu nascimento, voce nasceu de um sonho e hoje esta aqui me acompanhando aonde quer que eu for (durmindo em sua maior parte do tempo, rsrs), mas me acompanhando.   Nós (eu, teu pai e toda a sua família) somos louquinhos por voce, e hoje é o melhor aniversário da minha vida porque é o primeiro em que voce esta nele.
   Obrigada filhota, por fazer da minha vida, mãe da sua!

Amor demais.


 

quarta-feira, 19 de outubro de 2011

Adoçante


As vezes queremos dividir toda a alegria que sentimos com qualquer um que apareça (um estranho na rua, um parente, um amigo) e atualmente isso fica muito mais fácil com a internet, a tal globalização e o acesso fácil as redes.
Por causa disso, acabamos não sabendo com quem realmente dividimos essa alegria e se ela permanece em silêncio (e pode ser que realmente isso ocorra) nunca iremos saber. Dividimos a alegria e somos recompensados com aqueles que pegaram partezinha dela o ao menos prestigiou o que tentamos com muito carinho passar.
É claro, esse blog tem diversas intenções, a maior delas é que um dia, quando a Laurinha tiver grandinha já souber ler e acompanhar a internet (e só Deus sabe como eu quero que isso não passe tão depressa) fique sabendo de quando ela era só uma sementinha, só um sonho. Mas, não deixamos de nos realizar (ou neste caso, nos deliciar) com palavras carinhosas sobre nossa criação (neste caso o blog).
Fico feliz (demasiadamente e sem exagero) ao saber que existem pessoas que acompanham ou leem de vez em quando essa declaração de amor.
Diz minha sogra “quem beija nossos filhos, adoça nossa boca” (ou algo assim), tá aí. Me adoçaram.

Obrigada,

Papais Shirazi Conte

quarta-feira, 12 de outubro de 2011

Dia das Crianças! hipopotamos e Girafas!

 Para fazer jus ao quarto de Laurinha, papai ontem comprou seu primeiro presente do dia das crianças: Um hipopotamos rosa gigante! :D
 Estamos ainda pintando o quarto, recolhendo todas as tranqueiras (algumas para doações, outras para o lixo), e deixando o cantinho da Laurinha do jeito que uma princesinha merece. 
  

segunda-feira, 10 de outubro de 2011

Eu que fiz! :D

  Não ficou perfeitinho, longe disso. Mas foi eu que fiz a cestinha e os potinhos para guardar algodão, cotonete, garrafa térmica e mais coisinhas.
  Terminei hoje, ainda falta invernizar.
   Esse deu trabalho... mas acho que combinou com a proposta do quartinho :D

domingo, 9 de outubro de 2011

Yom Kipur! :D

 Primeiro Yom Kipur dos Conte Shirazi,

   Papai seguiu direitinho todos os mandamentos de hoje, conseguiu fazer todo o jejum, foi na sinagoga e ficou super bem humorado o dia todo!
  Mamãe já desistiu do jejum no final do segundo tempo, mas já tava bem malzinha, a Laurinha consome muita energia da mãe!
  Para nós, foi um dia inesquecível! (até chorei de emoção!).
  Família mais linda impossível, Amo demais tudo isso!

terça-feira, 4 de outubro de 2011

Luyehi (tomara que aconteça!)

 
Música em Hebraico, cantada por Sarit Hadad, que fala sobre os pedidos que fazemos, que aconteça. As preces que rezamos no meio dos sons,  que sejam ouvidas. Que se ilumine toda a escuridão, e em nossas cabeças predominem a luz das estrelas. (na verdade o que entendi...). É uma musica de final de ano! Que para nós foi semana passada! UM ANO NOVO QUE COMEÇOU! :D shana tova atrasado!

ליאורה

                                                
           
Nome em hebraico que quer dizer "minha Luz" (Leora).
   Eu, como Shemesh (sol), vou ser completada com Luz da Laurinha. 
        Que ela propague sempre Alegria, Amor, Saúde e tudo que é bom no mundo.

segunda-feira, 3 de outubro de 2011

Quartinho da Laura.

Este domingo mamãe e papai escolheram o berço, a comoda, a poltrona, o kit berço, a cortina e tudo o mais para a Laurinha que estar por vir ter um quartinho todo especial...
Os móveis chegam em média daqui a 40 dias. Estamos curtindo cada etapa deste processo...

Espero que goste filhotinha!! :D
VAI FICAR LINDO! :D

quarta-feira, 28 de setembro de 2011

Sonhos...

 Antes de engravidar, dias antes, eu sonhei que estava em uma loja de nenens e pedi um menino. O homem da loja, muito solicito disse:
   - Não tenho meninos no estoque, só meninas, quer uma?
  Conformada, respondi:
   - Pode ser, manda uma.

(------------------------------------------------------------------------------------)

  Dias antes de fazer o ultrasom, sonhei que eu e o vini esperava a visita de um amigo, Benjamin, nome que escolheríamos caso o nenem fosse menino.
  Após horas de espera e dele não aparecer, uma mulher, branquinha  e de cabelo bem preto apareceu em casa e perguntou:
   - Aonde fica o meu quarto?
  Parecendo que eu sabia do que se tratava, apontei o quarto que seria do bebe e lá, ela se instalou.


(----------------------------------------------------------------------------------)
 
Em nenhum momento sonhei que era menino.
  Intuição? Premonição? Os casos são vários, sonhei ainda que minha filha tinha uns 2 aninhos e brincava no chão de casa, no sonho seu nome era Fernanda (o que nem cogitei colocar) e seu cabelo era clarinho e curtinho....
  
   
 

Baby girl!

 Laura, foi besteira minha não imaginar que você era uma menininha (ou melhor, não acreditar em minha intuição). Crente de que os meus sonhos não passavam de sonhos e de que meu nervosismo para descobrir o sexo era besteira, logo que, obviamente era um menino, ( não tinha como não ser) , a outra hipótese era quase descartada.
  Pois foi nessa situação, que após eu comer milhões de chocolates, meu nivel de nervosismo a mil, fui fazer o ultrasom e Laurinha estava lá, toda arreganhada para mostrar para a mamãe e o papai o tremendo engano que eles estavam cometendo.
  Um bebezão de 150 gramas e quase 17 centimentros (em suas 16 semaninhas), chutando a mamãe, toda agitada com o chocolate, mamãe ficou em choque. Menina? foram as trinta e mil vezes pronunciadas ao médico que tentava mostrar além da piriquitinha, o coração, a mãonzinha e o braçinho ( que sinceramente, estava bemmm longe de ser interesse neste momento, meus olhos e meus pensamentos ainda não saía da questão: Menina?)
  Não tinhamos um nome para menina. Laura sempre foi o meu nome favorito, top ta lista, que papai recusava a querer (ou recusava, assim como a mãe, a acreditar que precisaríamos usa-lo).
  A novidade foi contada para a vovó Eliza e para o titio Denis, quase de imediato, e eu ainda em choque. Papai contou ao vovô André que já sabia o sexo... só (vingança,hehehe).
  Não me contive em nervoso e no meu desespero, papai me deu a noticia de que gostava de Laura, e que este poderia ser o seu nome. Topei, era o meu favorito. Mas o choque ainda não tinha passado...
  Fomos a banquinha (contamos ao vovô) e fizemos algumas comprinhas, um vestidinho retrô e umas calças rosas pinks, laranjinhas e roxinhas para transformar o enxoval masculino que a mamãe fez em algo mais feminino.
  Laurinha vai ser a princesinha da casa e da família! A ficha ainda esta caindo... em seu caminho... mas a  Alegria de te-la conosco é imensa. Não resta dúvida que fui muito abençoada por uma filhota tão linda.
Te amamos filhotinha, para sempre.

sexta-feira, 23 de setembro de 2011

Peripécias de uma gravidez I

Ontem indo a faculdade, foi a primeira vez que levantaram de um trem lotado para eu sentar as 06 e 40 da manhã.
Me emocionei toda! OPA! quer dizer que olhando para mim já da para saber que eu estou grávida! Ontem foi o limiar, acho... ao menos para a desconfiança. 15 semanas e 6 dias!
MAS,
   Indo ao trabalho a mesma emoção foi sentida ao inversa. as 17 e 50, entro em um trem, contra-fluxo, LOTADO! Parando em São caetano, entra um homem que quer empurrar todo mundo e minha barriga, (já esprimida de pé nesse trem) é alvo de seu raivoso cotovelo! Aiiiiiii!!!!!!!! minha alma dói! institivamente grito : PORRA! ESTOU GRÀVIDA! O cara com a maior razão do mundo dá seu parecer: Avisasse antes, horas!
   Claro! Afinal de contas, se eu não tivesse, mereceria uma cotovelada em  minha barriga...

segunda-feira, 12 de setembro de 2011

ECA! Papai e Mamãe se beijando...

 Casamento na praia de papys e mamys! :D
Nos amamos, Te amamos!

Te anunciando ao mundo...

Filhotinho,

 Papai e Mamãe se casaram esse Fim de semana, e junto claro, falamos sobre a maior alegria que temos em nossa vida: Você!. Achei essa foto muitoo linda, por estar a familia amorim batendo palma, papai olhando todo contente para voce! E vovô vermelhão de orgulhoso!
Para voce saber a alegria em que MUITA GENTE te espera! são muitos familiares e amigos que se encantaram e derreteram com sua vinda! :D
   te amamos filhote, demais!

terça-feira, 6 de setembro de 2011

O filho que eu quero ter 2...


  Viciada em toquinho ultimamente...

O filho que eu quero ter...

Filhotinho,

    Falta tão pouquinho para o casamento da mamãe com o papai!
   Será nesse dia que te anunciarei ao mundo, falta tão pouquinho e o gostinho de falar logo é imenso...  Louca para falar da alegria que sentimos em voce estar aqui no meu ventre. Louca para falar a família que já somos! Louca para começar logo essa vida cheia de amor! Pequenino, te amamos tanto que já é imensurável dizer o quanto estamos orgulhosos de voce já ter passado essa fase de vida (o primeiro trimestre), que no nosso caso foi bem arriscado, paramos em hospitais, aguentamos pegar condução lotada e arriscamos para a mamae ter o emprego dela. E voce segurou direitinho!
    Nova etapa de nossas vidas estará começando... A vida se refaz!

terça-feira, 30 de agosto de 2011

perninha, pézinho, mãonzinha, braçinho...


 Esse baby de perfil dividido em 2: medindo o ossinho do braçinho e o ossinho da perna...Repare que um branco bem clarinho acima do pézinho é o dedão (consegue ver?).
 Bom, dados técnicos: ele esta com 7 cm! 55 gramas e hoje 12 semanas e 3 dias! :D
Agora ele e a mamãe vão nanar porque esta bemmmm tardee! :D

boa noite amiguinhos! :D

Perfil

baby de longe, mostrando os detalhes do rostinho de frente, da para ver os olinhos o narizinho e a boquinha com máxima perfeição! (ou só eu vejo, heeehe).

muquinho! :D

 Hoje fiz o ultrasom para descobrir o sexo! mas puxando a mamãe, muito teimosinho, cruzou as perninhas e não quis mostrar! vai ficar para a próxima vez, tudo bem...
Nesta foto, o médico estava medindo o tamanho do osso do braço, o famoso "muquinho" que o nenem estava mostrando para a mamãe. na foto da para ver os dedinhos (repare que o dedo mindinho esta levantado, chick não?) e por essa foto estar meio pequenina, não da para ver direitinho, mas ele esta apoiando a mãonzinho no nariz, hehehe...
LINDO DA MAMAE E DO PAPAI! :D
HOJE EU VOU TE VER!!!

quinta-feira, 25 de agosto de 2011

Música preferida da mamãe:


Poucos dias para os 3 meses!

   Irradiando felicidade! :D
    Papai fica pedindo para eu escrever mais e eu tava esperando chegar o dia do ultrasom para escrever, mas agora sobrou um tempinho e uma vontade!
   Estou com uma saudades de te ver na camera e ficar toda boba, babando de como voce é lindinho, mesmo em preto e branco.
  Voce anda meio mau humorado, acredito, hehehe... acordamos cedo, pegamos condução lotada e como voce ainda não aparece, ficamos de pé quase o tempo inteiro, chega a noite (quase de madrugada) voce fica mudando de lugar, como se pedisse: "Mamãe deita por favor!! Quero nanar"
  Anda recebendo menos atenção também com toda essa confusão! A não ser, claro, dos meus alunos, que insistem em fazer comentarios a seu respeito, hehehe. "Põem o nome de Lucas professora!" e ainda nem sei se é menina ou menino. O que vier ta bom! Contando que venha cheiooo de saúde!
  Mamãe e Papai vão se casar em breve, dia 10! é lá também que vamos te anunciar ao mundo! Dia 30 de agosto (esta chegando!) , se voce for bonzinho, vamos saber se voce é um menininho ou uma menininha, estamos ansiosos!
  Filhotinho, voce é tão pequenininho, mas não vejo a hora de ter nas mãos, de encher de beijos e carinho. Voce já é tudo para a gente! >D
  Amo. Amor de Mãe e Pai não tem fim.









quinta-feira, 11 de agosto de 2011

Sintomas e começo de tudo...





 O começo de minha gravidez foi um tanto quanto assustadora, mas agora passou e esta tudo em perfeitas ordens! :D
         Aliás, quase perfeitas, acordar de madrugada achando que esta bebada (com tudooooooooo girandoooo), vontades infinitas de fazer xixi (que dizem ser pscicológicas, mas minha bexiga cheinha não tá nem aiii), cólicas e TPM, mais para disturbio de bipolaridade são alguns males que venho sentido desde então.
         Pode parecer loucura, mas ta aí pessoas para provar os meus argumentos. Enjoei desde o dia seguinte da concepção do meu filhote, e não foi pouco não! foi muitooooooooo.... e semanas a fiooo.
        Desconfiada, obviamente, fiz o teste de urina no dia 30 de junho, o resultado??? NEGATIVÂOO. Fiquei toda caidinha... eu tinha tanta certeza!
        Mas os dias passaram e a menstruação não chegava, decidi: vou fazer o exame de sangue... No dia 4 de julho fui até o médico, ele concordou comigo e fui lá gastar 30 reaizinhos em um exame de BhcG. O resultado? hahahaha...se a gente soubesse na hora a vida ia ser boaaa...o resultado só saíria depois das 15 horas e eu tinha que trabalhar! não conseguiria pegar o resultado a tempo e deixei meu sogro encarregado de pega-lo.
      é claro, que neste dia eu esqueci o celular, o celular do vini ficou sem crédito e o resultado tava lá, aguardando ser olhado...

     Deu 7 horas da noite, cheguei em casa, peguei meu celular esquecido e liguei para o meu sogro que respondeu a minha pergunta com um: Não sei se te bato ou se te dou parabéns!

    Foi o dia mais feliz da minha vida...


quarta-feira, 10 de agosto de 2011

De umbigo a umbiguinho - toquinho.


primeira postagem ao meu nenem :D


Oi  filhote(a):

 Estou aqui, eu e você, ouvindo musicas do toquinho. Você esta dentro de mim, com tão poucos dias ainda, 9 semanas.
Penso em você o tempo inteiro, você aos poucos vai conquistando a vida da mamãe e do papai. Estamos muito felizes que você esta vindo para o mundo.
Ontem eu te vi no ultra-som. Você esta lindo! Eu gravei no DVD se você quiser ver depois, ouvi seu coraçãozinho, 171 batimentos por minuto. Deu tchauzinho para a mamãe (olha voce na fotinho!) Voce tem 2 cm ainda e nossa! É tão presente em nossas vidas!
Não vejo a hora de você nascer, mas eu sei, que quando eu menos perceber você vai estar casando e me dando netos! Hehe.
Leio tudo sobre gravidez e nem tenho barriga ainda, mas nossa! Como estou orgulhosa de você estar aqui! Te amo tanto e você ainda nem passou do tamanho de uma uva!
Mas é isso bebezinho, mamãe te espera ansiosa! :D