quarta-feira, 28 de dezembro de 2011

2011 -2012

O que espero de um ano que vai nascer e que junto trará o nascimento da minha primeira filhotinha?

O que ficará de um ano em que já passou e que eu consagrei o amor com todas as armas da lei, da biologia e da alma?

Todo blog pessoal (como neste caso) é comum fazer um recaptulação no final do ano como ele foi passado e o que se espera do ano que se vem...e porque não fazer o mesmo?

2011
 Este Ano, começou com uma mudança radical; mudança de endereço e de espírito. Passei, depois de muita coragem e sem muita certeza, a morar em Santo André, com um homem que desde o primeiro momento, dizia que ia se casar comigo e ia me fazer feliz (Apesar de não acreditar no primeiro instante, ele vem cumprindo suas profecias fielmente). 
  Logo depois, fui ao exterior fazer um curso, conheci lugares e pessoas maravilhosas, revi amigos que são como família, aprendi muito e foi lá que me vi e me toquei que estava completamente dependente do homem que vivia aqui, não existia mais EU, não existia mais minha indepêndencia de tudo e todos, existia claramente o nós e o nós, também tornou-se perceptível que não era só eu e ele, precisava do complemento, da liga... de uma família. 
  Então a "menina" que cresceu com opiniões próprias, que se virava sozinha, que era à parte de um mundo, disse pela primeira vez, e sim, só naquela viagem, um eu te amo repleto de sinceridade e virou parte de outrem.
  No final de fevereiro volto ao Brasil, repleta de idéias e planos para um ano completamente diferente, logo de cara anuncio para minha família (mãe, pai e irmãos e um pouco mais tarde, os primos) que iria parar de tomar anticoncepcional e que ia tentar um nenem. Pela primeira vez estavamos completamente certos quanto a isso. Os meses passam e as tentativas não eram bem sucedidas. Em abril, decidimos nos casar em setembro, em Ubatuba. 
  Em maio, conto ao meu sogro os planos para uma futura gravidez (que agora teóricamente esperaríamos até setembro, mas se não havia acontecido até agora, porque aconteceria antes de setembro.?..) e ele, preocupado,rsrs..nos faz um plano de saúde (que salva minha vida hoje em dia). 25 de maio o plano fica pronto. 12 de junho eu engravido. (plano de saude = carência 10 meses!)
  Em junho, sinto tonteiras, caí minha pressão, enjoo e vomito muito. (aí essa história já contei no começo do blog), em 4 de julho, depois de um teste com negativo falso (culpa minha!), descubro minha gravidez.
  Em setembro, dia 08 me caso no civil, da forma um tanto quanto desastrada, como se fosse assinar um papel qualquer em um canto qualquer, nada daquele romance... Vou para ubatuba no mesmo dia, encontro minha família, (presente lindo)...
   Dia 10 me caso á beira mar, em uma cerimônia perfeita para nós, cheia de erros e cheia de atrapalhadas, mas no altar só quem amo, na areia só quem importava. A festa sensacional, declaração de amor feita nos pés de uma valsa, sonhada a tantos anos e realizada com perfeição. Lua de Mel? segredo oculto, mas que não deixaria de tirar algumas risadas...
   Final de setembro descubro que o nenem é na verdade umA nenem...
   Outubro, entro em briga com o trabalho por causa do salário, ouço absurdos! aguento firme (quase), fase de estress, não consigo dar conta da faculdade, nem de casa... mas vou levando. Fase difícil.
   Novembro as coisas se acalmam, corro atrás do tempo perdido na faculdade (algumas matérias deu certo, outras nem tanto), me empenho mais no trabalho, passa as crises nervosas, ignoro salário (ou o futuro dele), ficamos completamente sem grana, nem ligamos, vamos vivendo. Estamos apaixonados, um pelo outro, os dois pela filinha, que cresce e começa a dar as caras para o mundo, a barriga vai ficando imensa...
   Dezembro, férias da faculdade e do trabalho, Vini entra na FEI com 100% de bolsa, tentamos uma independencia maior dos outros (nos complicamos para saber o que significa ter independencia dos outros e ainda não achamos a definição, estamos a procura, rsrs), muito trabalho, risco de perder o ano novo na praia, um pouco de estress, quase nada... vai tudo se ajeitando. A barriga cresce e o corpo não vai respondendo normalmente. 
Saldo final = Ano de descobertas, mudanças, realizações, Amor, Amor e Amor. Passei muito estress, ouvi mais do que respondi (e olha que falando de mim, eu deveria ganhar um premio!)deixei me influenciar um pouco por opiniões avulsas, mas não tomei decisões erradas (precipitadas, mas que deram certo) , trilhei um caminho novo e diferente, aprendi a amar e a gostar de fazer parte de uma família, caí um pouco na depêndecia dela (o que fragiliza um pouco, mas talvez seja uma das funções de familia, aprendendo ainda a conviver e a lidar com uma ou duas ou três delas...), arranjei amigos que jamais supus arranjar e convivi na maior parte de 2011 com pessoas que são sensacionais e que ajudaram a fazer um 2011 bemm melhor (e nem sabem disso!). 
  
2012


É difícil dizer o que se espera de um ano que vem logo depois de outro com tanta mudança. Vai ser com certeza um ano diferente, novo (Radicalmente novo) e espero que muito gostoso. Vai ter muito medo, discordâncias, cansaço, noites sem durmir, talvez um pouco de frustação, trabalho e briga, muita briga. Mas o que? acha mesmo que eu penso que tudo vai ser perfeito e cheio de mil maravilhas? Claro que não! 
Mas também não acredito que um pouco de insegurança e desavenças vá afetar um ano tão promissor,  tão mágico que é o do nascimento de uma Filha, sei que terei privações de um monte de coisas, mas sei também que todo dia vou acordar e me sentir deliciada que terei um nenenzinho a minha espera (mesmo ele berrando de fome ou com a fralda suja), que terei que me virar  para estudar no meio de cada mamada e que Dio sabe o que mais vou enfrentar, mas que vai ser gostoso, ah! isso vai! 
 Acredito que vivemos uma vez, morremos e fim. Quero aproveitar o próximo ano, ao máximo, do meu jeito de Mãe, aproveitar o finzinho da gravidez o ínicio da vida da filhotinha do jeito mais intenso possível e continuar apaixonada pela Vida, pela família. Mais que isso, se pudesse pedir ou ao menos desejar, saúde. Saúde de corpo e de mente (esse ano não foi fácil quanto a isso), o resto a gente corre atrás. Preparada inteiramente para o próximo ano. Venha 2012! Irei te receber de braços abertos! (final esdrúxulo, mas é o que tem para hoje..)

segunda-feira, 26 de dezembro de 2011

Laurinha e Melzinha...

 As duas no coração da mãe...

Ao Papai...




Hoje estarei indo viajar e papai ficará em santo andré por mais alguns dias...
e eu só queria dizer a ele que...


  Te amo,
   Com você sempre serei feliz, 
                                          me sentirei completa...

  Viver com você,
                            é VIVER intensamente um sonho,
                                                                              uma realidade de conto de fadas...

   Para mim você é, 
                         aquela metade da laranja,
                                          aquele homem perfeito que ninguém encontra...

O melhor amigo,
          O melhor marido
                        O melhor confidente,
                                      O melhor colinho,
                                                     O melhor amante,
                                                             O melhor  em me fazer rir,
                                                                       O melhor em me apoiar (nas maiores esquesitices!)
                            
Casar com voce, sonhar junto com voce, ter a Laurinha contigo, sem dúvida, foram as melhores decisões que tomei em minha Vida. 
                  Só você podia me fazer tão feliz! 
                                                             Te amar é pouco, you know.

   Obrigada por lutar pela gente e provar a todo segundo que viver um sonho é possível...

Aline Shirazi Conte


         
                                                                                                           

sábado, 24 de dezembro de 2011

quinta-feira, 22 de dezembro de 2011

Ultrasom 28 semanas! Princesinha a caminho!

Começamos pelos cabelinhos da Laurinha (apontados na flecha), quem será que puxou, papai? Mamãe? Encaracolado? Liso?

 
Os pézinhos mais lindos da mamãe, chutando ela para valer!


Os "documentos" da minha filhotinha (xuxa) e a placenta do lado...


E o rostinho mais redondinho da mamãe em zoom, especialmente focado para o papai ver...


E assim vai começando a nossa história, nosso Amor...

quarta-feira, 21 de dezembro de 2011

Literatura e Música.

Laurinha tem um repertório musical e uma mini biblioteca infantil com mais de 20 livros, comprados especialmente para ela.

 PORQUE? ela nem sabe LER! 

Não, não sabe...mas sabe ouvir, sabe interagir com as palavras (musicais e sonoras, versos ou literárias). É o canal que eu achei para contatar minha filhar mais intimamente possível, enquanto não posso tocar, olhar, sentir o cheirinho. Eu posso conversar, contar histórias, cantar músicas... e tudo isso só diz o quanto a amo, mais e mais. Uma ligação que se estende muito mais do que somente ao cordão umbilical.

Tenho uma amiga, que ficou impressionada com a quantidade de livros que comprei, e não faltou frases " PARA QUE TUDO ISSO?", familiares já debocharam da situação. Não curto contar muito aos outros o quanto comprei ou deixei de comprar isso ou aquilo, ou explicar qualquer atitude que eu tenha,  mas o maridão não mede esforços para contar.Para nós os livros são tão necessários quanto fraldas e ele acredita que todo mundo acha o mesmo, mas não é bem assim...
  Cada livro comprado já utilizei e ainda vou utilizar, mais do que as roupas, os brinquedos ou até mesmo as fraldas. Eu os leio, eu canto, para mim ou para ela, ou para nós duas, estão sendo utilizados, animando e criando um laço eterno.
  Deixo essa música do caetano, que me lembra a família Amorim (que me (en)cantou  no dia do casamento civil e no dia da anunciação da Laurinha) e que dedico inteiramente a Laurinha. Você é Linda.

                      
                          



 

terça-feira, 20 de dezembro de 2011

Papai e Mamãe grávidos! :D

Coloquei essa foto primeiro no Facebook... Parece que fez sucesso...rsrs! Aonde esta a Laurinha? hehehe
 Mamãe e Papai juntos nessa empreitada, cada um com seu papel, mas ambos se ajudando,
   Amor demais a essa família que tá nascendo!

domingo, 18 de dezembro de 2011

6 meses! Barriga!

  Recém completados 6 meses no último dia 14 (hoje 28 semanas), esta aí minha pança especialmente tirada para minha prima Bia Amorim.:D
  Minhas costas quase dobrando em 2 (lordose!) com o peso da Laurinha  e ainda falta tempo, um pouco menos de 3 meses!
  Ta aí... Enjoy!

 OBS: O riso da foto foi sincero com o vini fazendo "piada"... por isso ficou meio estranho... mas a foto é da Laura!

sábado, 17 de dezembro de 2011

Um mundo ideal


Um mundo que eu nunca vi...

                   E agora eu posso ver e lhe dizer

Estou num mundo novo com você!

segunda-feira, 12 de dezembro de 2011

Fast News

  
  Notícia 1:
Não sei quem inventou (ou problematizou) a difícil tarefa de se engravidar (e ter o nenem) enquanto cursa uma universidade.
   Também não sei dizer se sou a exceção da exceção, ou se minha filha é um gênio antes de sair do útero. Mas, que incrivelmente estou com (até agora) 90% das matérias Passadas, estou. e olha que esse semestre eu tive 90% de olho, pensamento e cabeça na minha filhotinha. tive mais sucesso esse ano, do que o mesmo período do ano passado que quase me matei de tanto estudar. ( e esse ano, a única matéria que realmente estou me dedicando peguei REC, rsrs).
    É, o que seria um grande problema para alguns (a maioria), esta sendo uma solução milagrosa para o meu caso.
------------------------------------------------------------------------------------

  Notícia 2.

 Papai anda trabalhando demais (10-12 horas por dia),  e não filhotinha, não é por tua causa ou porque estamos preocupados financeiramente, (notícia3), é simplesmente porque papai esta feliz assim e quer fazer isso (cada um com sua loucura e sua mania, rsrs). Estou um tanto quanto convencida de que ainda estamos bem novos e tem ainda anos ainda para podermos arriscar um jeito e um modo de viver, dando ou certo ou não, acredito que ele esta tentando fazer o que ele acredita ser o melhor para ele e para nós. (melhor ter arriscado do que nunca ter tentado, certo?).
  Agora ele mudou drásticamente de faculdade (transição) e começando tudooo de novo. Dá medinho dá em muita gente, em mim deu um pouco, mas passou. Não estamos arriscando muito, papai não quis trabalhar em uma coisa que não gosta (ser professor), por mais que ganhasse 10X mais ( o que duvido). Depois de algumas conversas, não consigo saber exatamente o porque, mas concordo com ele, CONFIO NELE. Lembrar sempre que família nunca pode colocar o dinheiro no pedestal, ou como objetivo. Família serve para diversas outras coisas, apoio, segurança, carinho, desabafo, amor (muito amor), felicidade, diversão e muitas outras coisas! Para mim, teu pai é perfeito do jeito que ele é, me faz a pessoa mais feliz do mundo, o que mais eu iria querer? :P
--------------------------------------------------------------------------------------------------------

Notícia 3

É, viver de pão e água realmente não dá, rsrs. Mas estamos muito bem financeiramente. (não sei o que significa bem para a maioria das pessoas, mas no meu conceito somos RICOS). Quis comentar a respeito disso aqui para deixar bem claro essa questão "financeira" nossa, que anda assustando tanta gente no mundo há fora e que para nós não causa nem sustinhos, aliás, é até um tanto quanto gostosa essa fase que estamos vivendo (do seu jeito, claro). E dá um tanto quanto aflição as pessoas reclamarem (ou fazerem cara de pena) quando sabem o quanto ganhamos ou o que temos e o nervosismo que elas tem para a gente FAZER MAIS E MAIS dinheiro, e mais trabalho e porque fulano ganha mais... em fim, não somos fulanos e nem estamos nervosos ou preocupados com a questão financeira, estamos bem e para nós é o que basta.
   "Criar um filho, custa caro!"
  - CLARO!
  Tudo começou o quanto é difícil (e dá trabalho) criar um cachorro e manter um cachorro em casa (deixa disso, a coisa mais fácil e deliciosa do mundo! 12 anos e nenhum tipo de arrependimento ou trabalho), depois o casamento (para quem já viveu quase tudo com tão pouco tempo, posso dizer que é a melhor experiência que tive) e agora o quanto "criar um filho, custa caro!".
   Na super interessante desse mes, fala sobre as aflições do casal quando a mulher esta grávida. (deles rejeitarem a idéia, ficarem preocupados com as questões financeiras e etc), Não sei se Felizmente, ou se somos  trouxas mesmo (realmente existe essa possibilidade),  a única questão que consegue nos pairar durante esses meses é a felicidade que temos em receber a Laurinha depois de tantos anos de espera. A preocupação financeira a gente teve, mais ou menos há uns 18 ou 20 meses atrás, quando os dois concordoram claramente que isso jamais seria desculpa para não realizar esse sonho.
    Estamos tão plenamente conscientes de tudo isso, que até não vemos a hora de passar pelo "primeiro Não que daremos a Laurinha quando ela quiser alguma coisa, por falta de grana" e aproveitar e ensinar o quanto a maioria das coisas de consumo são desnecessárias para a nossa vida, por mais que achamos que não viveremos sem aquilo.
   Estou cansada de tratar essa questão no site e reforça-la mais e mais. Mas as vezes é necessário.
   --------------------------------------


Notícia 4


Faz uns anos que eu estava passeando na paulista e lendo um exposição (não lembro do que), me lembrei de uma frase espetacular na "arte de criar filhos", que dizia mais ou menos assim:

    "Eu tinha 6 teorias de como criar os filhos, hoje tenho 6 filhos e nenhuma teoria"
 
Outra que eu li em alguma revista esse mês (acredito que na Pais & Filhos), e que segue a linha de pensamento de minha mãe, respectivamente dizem mais ou menos assim:

        "Voce pode criar seus filhos de qualquer jeito, o resultado sempre dará errado"

   e minha mãe, com seus 3 filhos, TÃO INDIVIDUAIS E DIFERENTES ENTRE SI, diz mais ou menos assim:

        " no meu primeiro filho, tentei uma criação, não deu certo. No segundo, tentei uma completamente diferente, não deu certo de novo, na terceira, não tentei criação de nenhuma forma, e também não deu certo"

   Então, eu, sem filho nascido algum, já sei o resultado de qualquer criação que eu dê; então ao menos vou me divertir e ser muitoo feliz  com minha filhotinha!
------------------------------------------------------------------------------------

Notícia 5 e última

  "Qual é a graça de viajar sem uma criança acompanhando?"
 
 Em minha penúltima viagem, em fevereiro deste ano, foi essa pergunta que me fez decidir de uma vez por toda ter uma criança.

terça-feira, 6 de dezembro de 2011

Mexe, mexe, mexe

   


Colocar Vivaldi para a Laurinha ouvir é a mesma coisa que pedir milhões de chutinhos e chutões em ritmos da música!
    Antes das 16 semanas ela já fazia diversas cócegas na barriga, hoje com minhas 26 semanas completinhas, sinto algo como um polvo com bilhões de pernas se mexendo a cada instante. Não posso negar, a sensação é maravilhosa, mesmo as 04 da manhã, quando a costela direita é o alvo principal e o sono já foi-se faz tempo.
    Não sei o que dizem as outras mulheres, mas ficar grávida e estar grávida causa milhares de sensações boas o tempo todo, com certeza sentirei falta dessa pança que cresce e cresce cada dia mais! (tirando as dores nas costas, o desequilíbrio constante e o grande problema de abaixar).
    Deixo então as quatro estações para a Laurinha rodopiar na barriga da mamãe...



   

segunda-feira, 5 de dezembro de 2011

Eu QUERO! Fraldas ecológicas!

http://loja.moradadafloresta.org.br/ecommerce_site/categoria_5376_5735_Bebes-Ecologicos

Nova modinha entre as mães modernas e ecológicas, essas fraldas de pano (com estilos líndissimos) já conquistou meu coração, além de substituirem (cada uma) 200 fraldas descartáveis que ficariam no lixo durante mais de 400 anos! :D
 Além disso, são faceis de usar, tanto para a mãe, quanto para o nenem. Como são de algodão, não causam alergias, nem assaduras as crianças!
 Então fica a dica para quem quiser saber o que eu preciso e ganharia com enorme felicidade! (logo que ainda não tenho nenhuma :( )

Será sem dúvida o principal item do "chá de bebe" !
  *site seguro!

quinta-feira, 1 de dezembro de 2011